Requião sai em defesa do amigo Rocha Loures


De Florença, na Itália, o senador Roberto Requião (PMDB) chamou de “canalhas!” toda a ação que flagrou o deputado Rodrigo Rocha Loures (PMDB) recebendo uma maleta com R$ 500 mil em propina da JBS. “Rodrigo Rocha Loures, idealista, meu amigo. O que fizeram de você, Rodrigo Rocha Loures? Vejo tudo com indignação e muita tristeza. CANALHAS!”, disse Requião nesta sexta-feira, 19, no twitter.


Na postagem não há referência se o termo “canalhas” é dirigida a Polícia Federal, a Operação Lava Jato e aos peemedebistas incrustados no Planalto. Além de amigo, Rocha Loures foi chefe de gabinete de Requião no governo do Estado entre 2003 e 2005.



Rocha Loures se filiou ao PMDB em 2005 pelas mãos de Requião. O deputado foi indicado por Requião como interventor na presidência do PMDB no Paraná, entre agosto de 2014 e outubro de 2015. Na época, Rocha Loures era assessor direto do então vice-presidente Michel Temer que, como presidente nacional do partido, respaldou a intervenção em ofício enviado ao diretório estadual.


O PMDB do Estado não quis comentar sobre as denúncias envolvendo Rodrigo Rocha Loures (PMDB) que faz parte da chapa de Requião que compõe o diretório estadual da legenda, no cargo de 1º vogal.


O deputado João Arruda, que também compõe a chapa do partido, afirmou que se trata de uma “situação política muito grave” e que “não tem ideia” do que vai acontecer. “Cabe ao conselho de ética do diretório nacional do PMDB analisar o caso”, apontou Arruda na Folha de Londrina.




Comentar

comentários

Tags:, , , ,

What do you think?

Comments

You must be logged in to post a comment.