Família de Chris Cornell discorda de laudo médico e descarta suicídio

iG São Paulo

Em comunicado, a família do músico declarou que ele não sabia o que estava fazendo quando se enforcou; cantor foi encontrado morto nessa quinta (18)

A família de Chris Cornell divulgou um comunicado nessa sexta-feira (19) discordando do resultado do exame médico do corpo do cantor, encontrado morto nessa quinta (18). De acordo com os médicos, ele se matou por enforcamento, mas os parentes do artistas não acreditam na tese do suicídio.

Leia também: Incansável herói do grunge, Chris Cornell deixa legado que nunca será apagado

Aos 52 anos de idade%2C Chris Cornell%2C vocalista do Soundgarden e do Audioslave%2C foi encontrado morto nos Estados Unidos

Aos 52 anos de idade%2C Chris Cornell%2C vocalista do Soundgarden e do Audioslave%2C foi encontrado morto nos Estados Unidos

Foto: Divulgação

De acordo com o comunicado, a família de Chris Cornell acredita que o músico estava sob efeitos de remédios e não sabia o que estava fazendo. "Essas drogas ou outras substâncias podem ter afetado suas ações", diz o texto.

Para os familiares do cantor, o remédio Ativan pode ter causado todo o problema. "A literatura médica indica que o Ativan pode causar paranoia, pensamentos suicidas, fala enrolada e ainda afeta as decisões", continua o documento. Cornell teria tomado algumas pílulas do medicamento antes de se enforcar.

Choque

O comunicado vai de encontro ao discurso de Vicky Karayiannis, esposa do cantor. Em uma entrevista, ela falou que o marido tinha acabado de visitá-la no Dia das Mães e estava planejando uma viagem no próximo feriado nos Estados Unidos. Entretanto, a conversa entre eles horas antes da morte do cantor deixou-a preocupada. "Quando conversamos depois do show, a fala dele estava enrolada, ele estava diferente. Quando ele me disse que tomou um ou dois Ativans, eu liguei para os seguranças e pedi para que eles o checassem", disse.

Leia também: Prince tem músicas inéditas para lançar um álbum por ano até o próximo século

"O que aconteceu é inexplicável e eu estou esperançosa que exames médicos mais aprofundados deem mais detalhes. Eu sei que ele amava nossos filhos e não os machucaria por tirar sua vida intencionalmente", finalizou Karayiannis. Juntos, eles tiveram dois filhos: a menina Toni, de 12 anos, e o menino Christopher Nicholas, de 11. Ele ainda era pai de Lillian Jean, de 16.

Leia também: Polemista, George Michael pertencia à nobreza da música britânica

Chris Cornell foi encontrado morto em um hotel em Detroit, nos Estados Unidos, na madrugada dessa quinta-feira (18), após um show do Soundgarden. O cantor, de 52 anos, ficou conhecido por trabalhos com a banda grunge, com o Audioslave e por sua carreira solo.



Comentar

comentários

Tags:, , , , , , ,

What do you think?

Comments

You must be logged in to post a comment.