Delator da JBS diz que Sciarra recebeu R$ 200 mil de propina


Segundo o delator da JBS, Ricardo Saud, Eduardo Sciarra também foi beneficiado com repasses financeiros. O ex-deputado, hoje mandachuva no PSD do Paraná, teria recebido R$ 200 mil por meio de pagamento de uma nota fiscal, um dos expedientes usados pela JBS para praticar o que chamava de “ação para boa vontade política”.


O depósito, segundo Saud, foi feito na conta da CRE Participações e Empreendimentos LTDA, que tem Sciarra como sócio. Não fica claro no conteúdo da delação se o valor foi enviado justificando suposta prestação de serviços da empresa.


Sciarra rebateu as informações por meio de uma nota oficial onde justifica o recebimento da quantia dizendo que foi pagamento por serviços de engenharia prestados a JBS>. A íntegra da nota está no Leia Mais.



Veja na íntegra:


“A CRE Participações e Empreendimentos Ltda, com sede em Curitiba-PR, é uma empresa que existe no mercado desde 1999, no ramo de serviços de engenharia, construção civil e manutenção.


O engenheiro Eduardo Sciarra é um dos sócios da empresa. Durante o período em que o engenheiro ocupou funções na área pública, incluindo os 12 anos em que exerceu mandato de deputado federal, esteve afastado do dia a dia da CRE Participações e Empreendimentos Ltda, que foi administrada pelo outro sócio.


No ano de 2014, a CRE Participações e Empreendimentos Ltda prestou, à JBS S/A, serviços de manutenção de obras civis em plantas industriais, em São Paulo, durante o quadrimestre maio, junho, julho e agosto, pelos quais foi emitida nota fiscal e recolhidos os impostos devidos.


A CRE Participações e Empreendimentos Ltda e o sócio Eduardo Sciarra refutam a citação em tema alheio a sua atividade profissional. Cabe acrescentar que o referido sócio sequer foi candidato a cargo eletivo nas eleições 2014.”




Comentar

comentários

Tags:, , ,

What do you think?

Comments

You must be logged in to post a comment.