Conheça pai da sensação da etapa brasileira de surfe e treinador de Mineirinho

iG São Paulo

No backstage do Oi Rio Pro 2017, em Saquarema, um treinador é o grande responsável por dois surfistas brasileiros de destaque no evento

Leandro Dora é pai de Yago Dora e treinador de Adriano de Souza%2C campeão mundial de surfe em 2015

Leandro Dora é pai de Yago Dora e treinador de Adriano de Souza%2C campeão mundial de surfe em 2015

Foto: WSL/ Damien Poullenot

A etapa brasileira do circuito mundial de surfe teve fim nesta última quarta-feira (17) e com direito a vitória de surfista canarinho em casa. Adriano de Souza venceu a final contra o australiano Adrian Buchan por 17.63 a 17.23 e levou a plateia da praia de Saquarema (RJ) à loucura.

LEIA TAMBÉM: Saiba tudo sobre o surfe e estilo de vida do esporte

Mas antes de chegar à grande decisão, Mineirinho barrou a sensação do evento, o catarinense Yago Dora. Aos 20 anos, o jovem recebeu o wildcard para correr o Oi Rio Pro depois de vencer as triagens e na competição, tirou três campeões mundiais de surfe: John John Florence, Gabriel Medina e Mick Fanning, nesta ordem.

Mas por trás dos nomes do campeão e da revelação, existe um homem que vale ser ressaltado: Leandro Dora. Pai e técnico de seu filho Yago, é ele também o treinador de Adriano de Souza, tendo dado o suporte para o local do Guarujá vencer seu título mundial em 2015.

"Nos conhecemos há anos. Adriano mora perto da minha casa. Tudo isso começou com Ricardo dos Santos [que foi assassinado em janeiro de 2015]. Ricardinho trabalhou comigo por cinco ou seis anos e ele falou para o Adriano: 'Você precisa do Leandro'. E então Ricardo foi para o outro lado e Adriano veio trabalhar comigo", contou o treinador ao site da "WSL".

Sobre o sentimento de ter visto Yago e Mineirinho na mesma bateria, ele afirma que "estou tão feliz por isso. Para mim, é melhor ter dois caras na final. Mas assim está perfeito", disse Leandro.

LEIA TAMBÉM: Mineirinho vence australiano e conquista etapa brasileira do Mundial de surfe

Filho

Yago Dora e seu pai e treinador%2C Leandro Dora

Yago Dora e seu pai e treinador%2C Leandro Dora

Foto: WSL/ Damien Poullenot

Yago Dora foi um dos primeiros do país a se destacar internacionalmente no freesurf, tal como filmes de surfe gringos. Mas, segundo o pai do jovem surfista, em 2016, o atleta admitiu que gostaria de correr o CT. "No ano passado em terminou em 43º no ranking do QS e me disse que é possível. Então, este ano, é o nosso foco. Mas as viagens e filmagens que ele adora fazer, não parou. É necessário para ele, não apenas trabalhar e competir", afirmou.

Além disso, Leandro confessou que ficou supreso com a campanha do filho durante a etapa do Rio de Janeiro. "O resultado é muito bom. Eu conversava com ele, bateria após bateria e dizia 'É apenas sobre o surfe. Só você. Seu cérebro. Concentre-se em si mesmo, na prancha e na onda'. E isso funcionou bem", disse.

LEIA TAMBÉM: Três jovens promessas do surfe brasileiro para ficar de olho em 2017

Yago é atualmente o terceiro colocado da divisão de acesso à elite do surfe. Quanto aos seus objetivos como treinador, Leandro conta que "Adriano está voltanto para brigar por um título mundial" enquanto para o filho, a "missão é permanecer no top 10 do Qualifying Series", disse Dora.



Comentar

comentários

Tags:, , , , , ,

What do you think?

Comments

You must be logged in to post a comment.